Ivair Nogueira debate segurança pública de Betim

O deputado estadual Ivair Nogueira foi autor do requerimento que discutiu o aumento da violência em Betim, durante audiência pública realizada dia 08 de maio, na Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Um dos principais pontos abordados foi o fechamento das Companhias 187 e 188, da Polícia Militar do Estado, localizadas nos bairros Jardim Alterosa e PTB.

De acordo com o deputado, a população de Betim não aceita e vai lutar pela permanência das companhias. “A extinção de companhias vai distanciar a relação entre comunidade e o comando das unidades, uma vez que líderes de associações e entidades públicas têm acesso aos policiais que chefiam as companhias. Essa relação é importante para que o comandante conheça a realidade da comunidade e o patrulhamento seja mais eficaz. Se as companhias forem levadas para dentro dos batalhões, haverá um distanciamento geográfico entre as comunidades e os militares”, ponderou.

Para Ivair, a falta de contingente policial é preocupante, uma vez que Betim dispõe de 500 policiais militares, quando precisava de, no mínimo, 900. “Vamos nos mobilizar para reverter a situação da nossa cidade, considerada a mais violenta de Minas Gerais, com uma taxa de homicídios de 51,5 a cada 100 mil habitantes, de acordo com a última pesquisa do Atlas da Violência. Nossa luta junto ao governo do Estado é pelo aumento do número de policiais civis e militares, construção do centro de socioeducativo, do novo Batalhão, instalação de câmeras de segurança e medidas para combater o aumento da criminalidade”, finalizou.